Não tem preço!

Acordei com a mãe de todas as ressacas, virei-me e, ao lado da cama, havia um copo de água e duas aspirinas. Olhei em volta e vi minha roupa passada e pendurada.

O quarto estava em perfeita ordem. Havia um bilhete de minha mulher: "Querido, deixei seu café pronto na copa. Fui ao supermercado. Beijos."

Desci e encontrei um lauto café esperando por mim. Perguntei à minha filha:

- O que aconteceu ontem?

- Bem, pai, você chegou às 3 da madrugada, completamente bêbado, vomitou no tapete da sala, quebrou móveis, urinou no guarda-roupa e machucou o olho ao bater na porta do quarto.

- E por que está tudo arrumado, café preparado, roupa passada, aspirinas para a ressaca e um bilhete amoroso da sua mãe?

- Bem, é que mamãe arrastou você até a cama e, quando ela estava tirando a sua calça, você disse: "Não faça isso moça, eu sou casado!"

Conclusões:
Uma ressaca - R$ 70
Móveis destruídos - R$ 1,2 mil
Café da manhã - R$ 10
Dizer a frase certa no momento certo: não tem preço!

Dei muita risada ao ler esta piada. Até chamei minha amada-amante para ler! Pérola enviada por minha linda amiga Ester Leão
Piranha ataca Gu Fialho

O jornalista e blogueiro Gustavo Fialho está curtindo merecidas férias. Mesmo não gostando muito de pescaria, aceitou pegar em uma vara só para relaxar, tomando uma cerva.

De repente, uma monstruosa piranha pescada por ele resolveu atacá-lo. Veja a imagem da cena dantesca.

Após muita luta, o Gu conseguiu arrancá-la de seu nariz.

Não, não se preocupe. O ferimento foi simples, nada que uma plástica total do rosto e 20 pontos não cure...

Dizem que o susto do Gu foi tão grande que ele ficou de cabelo em pé!
Telegrama para o Juvenal

História sensacional enviada por minha amiga poetisa Ester Leão. Vale a pena ler até o final, eu agarantcho!

O Juvenal estava desempregado havia meses. Com a resistência que só os brasileiros têm, ele foi tentar mais um emprego em mais uma entrevista. Ao chegar no escritório, o entrevistador observou que o candidato tinha exatamente o perfil desejado, as virtudes ideais e lhe perguntou:

- Qual foi seu último salário?

- Salário mínimo, respondeu Juvenal.

- Pois se o senhor for contratado, ganhará dez mil dólares por mês!

- Jura?

- Que carro o senhor tem?

- Na verdade, agora eu só tenho um carrinho pra vender pipoca na rua e um carrinho de mão!

- Pois se o senhor trabalhar conosco, ganhará um Audi para você e uma BMW para sua esposa! Tudo zero!

- Jura?

- O senhor viaja muito para o exterior?

- O mais longe que fui foi pra Belo Horizonte, visitar uns parentes...

- Pois se o senhor trabalhar aqui, viajará pelo menos dez vezes por ano, para Londres, Paris, Roma, Mônaco, Nova York, etc.

- Jura?

- E lhe digo mais... O emprego é quase seu. Só não lhe confirmo agora porque tenho que falar com meu gerente. Mas é praticamente garantido. Se até amanhã (sexta-feira), à meia-noite, o senhor NÃO receber um telegrama nosso cancelando, pode vir trabalhar na segunda-feira.

Juvenal saiu do escritório radiante. Agora era só esperar até a meia-noite da sexta-feira e rezar para que não aparecesse nenhum maldito telegrama.

Sexta-feira mais feliz não poderia haver. E Juvenal reuniu a família e contou as boas novas. Convocou o bairro todo para uma churrascada comemorativa à base de muita música.

Sexta de tarde já tinha um barril de chopp aberto. Às 9 da noite, a festa fervia. A banda tocava, o povo dançava, a bebida rolava solta. Dez horas, e a mulher de Juvenal aflita, achava tudo um exagero.

A vizinha gostosa, interesseira, já se jogava pra perto do Juvenal. E a banda tocava! E o chopp gelado rolava! O povo dançava!

Onze horas, Juvenal já era o rei do bairro. Gastaria horrores para o bairro encher a pança. Tudo por conta do primeiro salário. E a mulher, resignada, meio aflita, meio alegre, meio boba, meio assustada.

Onze horas e cinqüenta e cinco minutos... Vira esquina, buzinando feito louco, um homem em motoca amarela. Era dos Correios!

A festa parou!

A banda calou!

A tuba engasgou!

Um bêbado arrotou!

Uma velha peidou!

Um cachorro uivou!

Meu Deus, e agora? Quem pagaria a conta da festa?

- Coitado do Juvenal! Era a frase mais ouvida.

- Jogaram água na churrasqueira!

O chopp esquentou!

A mulher do Juvenal desmaiou!

A motoca parou...

- Senhor Juvenal Batista Romano Barbieri?

- Si, si, sim, so, so, sou eu...

A multidão não resistiu...

- Oooooohhhhh!!!!!!!!!!

- Telegrama para o senhor...

Juvenal não acreditava... Pegou o telegrama, com os olhos cheios d'água, ergueu a cabeça e olhou para todos.

Silêncio total.

Respirou fundo e abriu o telegrama. Uma lágrima rolou, molhando o papel...

Olhou de novo para o povo e a consternação era geral. Tirou o telegrama do envelope, abriu e começou a ler.

O povo, em silêncio, aguardava a notícia e se perguntava:

- E agora? Quem vai pagar essa festa toda?

Juvenal começou a ler, levantou os olhos e olhou mais uma vez para o povo que o encarava...

Então, Juvenal abriu um largo sorriso, deu um berro triunfal e começou a gritar eufórico:

- Mamãe morreeeeuuu! Mamãe Morreeeeuuu!!!!!!!
Clínica de malucos

Meu amigão Jean Oliveira finalmente trocou de celular. Ele precisou, porque o velhinho teve problema para abrir a tampa onde ele colocava as fichas telefônicas... rs rs

Com um aparelho modernoso, incluiu um monte de sons. Um deles é muito legal e compartilho aqui no blog.

Você liga para um sanatório e atende uma voz feminina, sensual, com várias opções. Então, não fique curioso e clique no tocador abaixo para ouvir:


O destino de Jenecrilza

Jenecrilza era uma daquelas moças feias demais. Era tão desengonçada que nunca tinha conseguido arranjar um namorado. Então, foi pedir auxílio a uma vidente:

- Minha filha, disse a vidente. Nesta vida, você não vai ser muito feliz no amor... Mas na próxima encarnação, será uma mulher muito cobiçada e todos os homens se arrastarão aos seus pés...

Jenecrilza saiu de lá muito feliz e, ao passar por um viaduto, pensou:

- Quanto mais cedo eu morrer, mais cedo começará a minha outra vida!

E decidiu atirar-se lá de cima, do viaduto na mesma hora.

Mas, por uma dessas incríveis coincidências, Jenecrilza não morreu... Ela caiu de costas em cima de um caminhão carregado de bananas, perdendo, então, os sentidos...

Assim que se recuperou, ainda atordoada, sem enxergar direito nem saber onde estava, começou a apalpar à sua volta. Sentindo as bananas, murmurou, com um sorriso nos lábios...

- Senhores, por favor,um de cada vez...

Piadinha enviada por meu amigão Ventura Picasso.
Viciado em Orkut

A mãe de um menino viciado no Orkut mandou ele ir para uma igreja. Chegando lá, o padre disse:

- Meu filho, você aceita Jesus?

O menino, doido, respondeu:

- Só se ele deixar um scrap...

Enviada pelo Gustavo Fialho, que é viciado em Orkut... rs rs
Firefox 3 já está no ar. Baixe agora!

Mudar nunca é fácil. Quando você está acostumado com alguma coisa, fica difícil trocar a rotina, e assusta.

É assim com a maioria das pessoas quando tenta mudar de navegador. No primeiro obstáculo, na primeira página que não abre ou tem alguma coisa estranha, abandona imediatamente o teste.

Infelizmente, é assim com todos nós.

Hoje, há uma novidade na internet. A Fundação Mozilla acaba de lançar a terceira versão do Firefox, o principal concorrente do Internet Explorer.

Já instalei. O layout é muito mais moderno e a velocidade para abrir páginas é maior. A segurança do software também foi reforçada, segundo está sendo divulgado.

Os destaques do novo "browser" ficam por conta também do sistema de buscas e do gerenciamento de favoritos e sites visitados. Um ícone, que fica abaixo do endereço da internet, leva a sites mais acessados pelo usuário, que não precisa fazer nada para guardá-los.

Nas buscas, outro ponto forte é a hora de digitar o endereço de um site. A barra de endereços virou um buscador interno que vasculha as páginas recém-visitadas e favoritadas.

Então, respire fundo, encha-se de coragem e experimente. Mas não desista tão facilmente. Teste durante uma semana pelo menos e depois me diga se gostou.

Dá uma olhada na imagem abaixo para ver como o navegador ficou bonito:



:: Clique aqui para baixar o Firefox 3 e tirar todas as suas dúvidas.



Monique Bueno, jornalista




Cristiane Maria Alves de Souza, ou simplesmente Cris, amiga que adoro!




Marcelo Espinoza, jornalista

Entrevistado durante a aula de pós

Algumas aulas da pós-graduação rendem trabalhos legais. No último sábado (14), fui entrevistado pela professora Cláudia Alencar.

Explico: a sala foi dividida em grupos, e tínhamos que escolher duas empresas para apontar pontos negativos e positivos. Nosso grupo escolheu a Telefônica e a Colormaq.

A Telefônica foi bombardeada por pontos negativos. Ninguém apontou um ponto positivo sequer em nosso grupo. Já com a Colormaq, uma empresa genuinamente araçatubense, foi justamente o contrário.

Durante a elaboração do trabalho, avisamos ao meu amigo Denis Fornari que a empresa que ele é responsável pelo marketing estava sendo avaliada e de forma muito positiva. Ele era de outro grupo.

Brincalhão como sempre, distribuiu ao grupo bloquinhos de anotações com a logomarca da empresa. Mostramos para a professora, que logo começou a brincar, dizendo que aquilo era uma espécie de propina pra gente falar bem da Colormaq.

Depois, ela chamou representantes do grupo para entrevistar e falar sobre as marcas escolhidas. Minha amiga Dani Galli foi falar sobre a Telefônica. E eu fui escolhido para explicar os pontos positivos da Colormaq.

Enquanto a professora Cláudia conversava comigo, a Dani pegou minha digital de 300 megapixels e filmou uma parte. O áudio não ficou bom, pois estávamos longe, mas dá para ver o meu grupo, formado ainda pelo Ricardo Augusto, Cutia, Douglas Augusto, Eloisa Morares e Eduardo, balançando os braços com o bloquinho na mão - o Eduardo não aparece.

A galera do grupo do Denis também dá um show, fazendo "ola".

Confira aí:



Você viu os óculos da Celinha por aí?

A gente perde muitas coisas por distração, mas óculos é demais... rs rs

Foi o que aconteceu com minha amiga Celinha Villela recentemente. Ela perdeu os óculos e ficou desesperada.

Então, ligou para o super Junião, secretário de redação que resolve qualquer problema. E não é que ele achou, perdido lá no estacionamento, todo molhado.
Dez sonhos femininos

1. Um deslumbrante vestido tomara-que-caia;

2. Uma calcinha tomara que tirem;

3. Um sutiã tomara que sustente;

4. Um absorvente tomara que não vaze;

5. Uma meia tomara que não desfie;

6. Uma celulite tomara que não percebam;

7. Um salto tomara que eu não caia;

8. Um namorado tomara que me ligue;

9. Um amante tomara que não falhe;

10. Um marido rico... Tomara que morra!!!

Piadinha colhida na internet e enviada por minha amiga Tatiane Moterani. Portanto, é uma representante do sexo feminino e deve saber o que está distribuindo. Não briguem comigo... rs rs
A Maria Antônia fez anos

Minha amiga Maria Antônia Dario completou mais um ano de vida na última sexta-feira, dia 13. Como ela é mais velha que eu alguns anos, pelos meus cálculos deve ter completado uns 27 anos... E comemorou com os colegas de trabalho, no refeitório da Folha, com direito a bolo e salgadinhos.

Detalhe: bolinho de palhaço e chapeuzinho. Pena que não tinha língua-de-sogra... rs rs

"O bolinho é de palhaço porque quando a gente chega na terceira idade começa a voltar a ser criança", brincou.

Como colunista social deste blog, fiz várias fotos. Clique na imagem acima para vê-las em slide.

E também fiz um vídeo legal com o discurso da Maria. Confira aí:


As aventudas do Gui Massaroto e o amor do Cleto

Durante pouco mais de uma semana, tive o prazer de conviver de novo com meu amigão Guilherme Massaroto, o jornalista mais famoso de Valparaíso. Ele esteve na redação da Folha ajudando na paginação, como frela.

Quem não se conteve com seu charme foi o Cleto Fontoura, que já atacou o menino. A prova está na foto abaixo, em que ele se ajoelha para convencê-lo a sair com ele para conhecer seu sex appleal!!!

Quando me viu, o Cleto quis esconder o rosto, mas registrei a cena na foto abaixo.

Aliás, não me pergunte quem é a pessoa que aparece lá no fundo da foto, apenas uma sombra. Se revelar a imagem dela ou citá-la no blog, apanho de guarda-chuva. E dói muito para quem não tem cabelo...


O Rodrigão tá ficando bronzeado

Rodrigão "Batatinha" Pereira, sócio ativo e passivo do Shas (Sindicato dos Homossexuais Assumidos) e membro deste blog, está cuidando do seu rostinho lindo que papai Édipo lhe deu. Além de utilizar cremes da Dove para não envelhecer, está tomando sol direto na laje de sua casa.

O resultado pode ser visto na foto: totalmente vermelhão e descascando. Uma coisa muito homossexualística!

O Rodrigão se cuida para não perder seu grande amor: Márcio "Muhammad Ali" Anix. Olha o guarda-chuva personalizado do Shas que utiliza toda vez que sai para trabalhar com sua câmera! Sol? Nem pensar!!! Esse menino é um luxo!!!

Um doce presente do Ricardão

Olha que embulho mais lindo!!! É o presente que ganhei do Ricardão Augustão Fálico (o nome já diz tudo... rs rs).

Como amigo-irmão, trouxe uma caixa de bombons Ferrero Rocher para este blogueiro da segunda idade na última sexta-feira (13) por causa do meu aniversário, comemorado no dia 9. Não entendi a cara que fez quando entregou a caixa...

Mais tarde, de madrugada, compreendi tudo. Corri para o trono... Chocolate demais! Ou seja: o Ricardão já estava prevendo que eu iria me esbaldar, pois adoro chocolate!

Valeu, irmão. Adorei o presente!

Ester Leão e o Fat Family

Minha linda amiga, aluna e poetisa Ester Leão teve um encontro emocionante em Birigüi, recentemente.

Olha a foto dela ao lado do Fat Family, que agora é um grupo gospel. Eles se apresentaram recentemente em um evento evangélico na vizinha cidade.

Adoro a Ester. Com seus lindos cabelos cacheados e sempre alegre, é uma pessoa excelente, muito inteligente e uma grande amiga.
Homenagem da Ariella e do Allan

Tenho a honra de dar aulas para duas pessoas sensacionais: a Ariella Grillo, uma blogueira muito criativa, e o Allan D'Augustin, sempre brincalhão. Ambos são da turma de Jornalismo do período da manhã do Unitoledo.

Na última sexta-feira (13), ambos se juntaram para uma homenagem aos meus 37 anos de vida. É claro que não deixaria de gravar tamanha criatividade.

A Ari utilizou um forró para fazer uma versão para este blogueiro. E, junto com o Allan, criaram uma coreografia pra lá de arretada! Na verdade, foram duas.

Na produção do vídeo, ninguém menos que a superblogueira Marcela Nobre Cruz e a Miquelli de Castro, que fazem uma participação especial.

Confira a letra da música:

Hoje é aniversário do Taveira
e a galera tá aqui pra festejar!

O Taveira é um grande amigo...
e pro Taveira vamos desejar!

Festa pro Taveira,
saúde pro Taveira,
sorte pro Taveira,
dinheiro pro Taveira,
alegria pro Taveira,
um brinde pro Taveira,
palmas pro Taveira,
VIVA pro Taveira

Rá-tim-bum!
E pro Taveira nada?
Tudo!!!!


Antes de assistir, prepare-se, porque você também vai querer dançar.



Na foto abaixo, Allan e Ari fazem um coração para este professor que tanto os admira. Obrigado, pessoal! Fiquei emocionado e adorei a música!


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Volte sempre ao Blog do Zemarcos


Bem-vindo ao Blog do Zemarcos
José Marcos Taveira, autor deste blog, é jornalista e professor universitário em Araçatuba/SP.



Google


Faça parte de nossa comunidade no Orkut

Blog legal indicado pelo UOL

Links & Sites







Mensagens antigas deste blog
Mensagens antigas do blog, separadas semanalmente.
Sites e blogs indicados por
este blogueiro.


Indique este blog
Indique este blog
e ajude a divulgá-lo.









Divulgue seu blog!


Visitante número: