Pauline Machado, blogueira e estudante
de Jornalismo em Curitiba (PR)




Paula Senche, blogueira e
estudante de Jornalismo




Suzy Faria, jornalista e
apresentadora de TV (Canal 21 - Net)

Faça pelo menos sua parte antes de lamentar

Por que as pessoas adoram fazer coisas erradas? Por que custa tanto fazer pelo menos sua parte?

Dirigindo pela cidade, você vê um monte de aberrações. Perto de casa, por exemplo, tem um sujeito (ou sujeita, quem sabe...) que vive deixando o carro estacionado na calçada. Será que é para ninguém bater ou acha que o ladrão não leva porque vai confundi-lo com um pedestre?

E como explicar a pessoa comer dentro do carro e jogar o papel pela janela, ou a latinha de cerveja? E quando dirige com seu cachorro no colo ou até mesmo com as crianças em pé, atrás, sem cinto?

Na frente do prédio da Folha, por exemplo, há uma praça e é proibido estacionar justamente para não impedir a manobra de veículos. Mas há sempre um otário estacionado lá, bem embaixo da placa.

Nesta sexta-feira (9), quando cheguei para trabalhar, um cara havia acabado de estacionar a moto ali. Apontei para ele a placa de proibido estacionar. E o rapaz nem ligou. Ignorou-me totalmente.

É revoltante. As pessoas não fazem sua parte e depois criticam governo, reclamam da vida, botam a culpa nos outros. Olhar para o próprio umbigo, de vez em quando, faz muito bem!
Alta Freqüência


Pela primeira vez desde a morte do meu pai voltei a assistir a um dos meus filmes prediletos: "Alta Freqüência" (Frequency/2000). É uma ficção - passa sempre no SBT, mas assisti desta vez na A&E, na quinta-feira (8) - que conta a história muito bonita do relacionamento de pai e filho. O detalhe é que estão separados há anos pela morte.

Calma, eu disse que era ficção. O pai, Frank Sullivan (Dennis Quaid), é um bombeiro apaixonado por beisebol que morreu há 30 anos em um incêndio. O filho, John (Jim Caviezel), é um policial abandonado pela esposa. Frank está em 1969, ainda vivo, é claro, e John em 1999. Eles conversam, milagrosamente, por um equipamento de rádio amador graças a uma explosão solar muito grande.

Outra atriz que participa do filme é Elizabeth Mitchell, que faz a mãe do policial, esposa do bombeiro. Atualmente, ela interpreta a personagem Juliet na série "Lost".

Há cenas emocionantes demais para este blogueiro da segunda idade. E sempre ficava com lágrimas nos olhos. Agora, sem meu pai, chego a chorar pensando na simples hipótese de passar pela mesma experiência, ou seja, revê-lo de alguma forma.

Se você já assistiu ao filme, vai entender. Se não, assista. Em uma das minhas cenas prediletas, muito bem editada, o filho avisa ao pai que ele morreu em um incêndio no dia tal e que teria sobrevivido se decidisse ir para outro caminho em meio às chamas.

Incrédulo, mas com o pé atrás, Frank vivencia tudo o que o filho lhe avisou. Na hora H, quando decide seguir o caminho mais óbvio, sem fogo, lembra-se do recado e vai para as chamas.

Antes, joga o capacete pela janela do prédio. No futuro, o filho está em um bar com os amigos. Como o pai não vai mais para o caminho da morte, muda todo o futuro, que passa a fazer parte da memória de John - ou Chefinho, como é chamado da versão dublada. O capacete cai do prédio em chamas, o pai escorrega para a vida e o copo de uísque do filho vai caindo no chão. Tudo ao mesmo tempo, numa edição incrível.


Fiquei imaginando como reagiria se conseguisse conversar com o seu Manoel, meu paizão. Como seria bom tê-lo ainda ao meu lado, visitando-me em casa com seu inseparável chapéu, paparicando meu filho.

Aliás, o Michael, meu garoto, voltou a assistir ao filme todo, principalmente quando lhe disse que é um dos meus prediletos e me lembra sempre do nosso relacionamento. Ele é o meu Chefinho. E vou sempre estar ao lado dele. Sempre!

Encontrei o trailer do filme na net. Não tem legendas, mas você pode ver algumas das cenas mais legais.





Ágatha Urzedo, jornalista e professora




Rodrigo Pereira, editor de imagens do Canal 21 (Net Cidade)




Biah Longhini, blogueira e estudante de Jornalismo





Da esquerda para a direita:
Ronaldo Ruiz, Cláudio Henrique
e Ivan Ambrósio, estudantes
de Jornalismo
O poder de um absorvente

Enviado por minha amiga Gi Ábrego, colhida na internet. É uma piadinha antiga, mas legal demais!

Um garotão inteligente, vindo da roça, candidatou-se a um emprego numa grande loja de departamentos da cidade. Na verdade, era a maior loja de departamentos do mundo, tudo podia ser comprado lá.

O gerente perguntou ao rapaz:

- Você já trabalhou alguma vez na vida?

- Sim, eu fazia negócios na roça.

O gerente gostou do jeitão simplório do moço e disse:

- Pode começar amanhã, e no final da tarde venho verificar como você se sai.

O dia foi longo e árduo para o rapaz. Às 17h30, o gerente se aproximou do novo empregado para verificar sua produtividade e perguntou:

- Quantas vendas você fez hoje?

- Uma!

- Só uma? A maioria dos meus vendedores faz de 30 a 40 vendas por dia. De quanto foi a venda que você fez?

- Dois milhões e meio de reais!

- O quê!!!??? Impossível!!! Como você conseguiu isso?

- Bem, o cliente entrou na loja e eu lhe vendi um anzol pequeno, depois um anzol médio e finalmente um anzol bem grande. Daí eu lhe vendi uma linha fina de pescar, uma de resistência média e uma bem grossa, para pescaria pesada. Eu lhe perguntei onde ele ia pescar e ele me disse que ia fazer pesca oceânica. Então sugeri que talvez fosse precisar de um barco. Acompanhei-o até a seção de náutica e lhe vendi uma lancha importada, de primeira linha. Aí eu disse a ele que talvez um carro pequeno não fosse capaz de puxar a lancha, levei-o a seção de carros e lhe vendi uma caminhonete com tração nas quatro rodas...

O gerente levou um susto e perguntou:

- Você vendeu tudo isso a um cliente que veio aqui pra comprar um pequeno anzol?

- Não senhor, ele entrou aqui, de fato, para comprar um pacote de absorventes para a esposa. E eu disse a ele:

- Já que o final de semana do senhor está perdido, por que não vai pescar?
Vai um bombom da Lu?

Além de uma zemarquete linda, minha amada-amante é muito prendada.

É claro que aprendeu tudo comigo.... ai!!! Ela acabou de me dar um tapa na careca... Brincandeira boba, viu!!!

Bem, continuando... Olha que bombons maravilhosos que ela fez só pensando no seu bombom aqui!!! aii!!!! Outro tapa na careca...

Tá bom, foi para o Dia da Mães... Oh, vida doce!!!
Minha careca ficou vermelha... Será que vai inchar?...

Mulher mais brava, sô! Vou te denunciar por infração da Lei Zé da Penha, viu, dona Luci Neide!



Gi Ábrego, artista plástica
e uma graaaaaaaaaande amiga




Alexandre Souza, jornalista
e fotógrafo oficial do blog




Márcia Maria Pereira, professora
universitária e amiga andradinense


Dani Koetz, blogueira trilegal, tchê!

O blog virou mania na internet. É a mída do momento. Mas há alguns blogueiros que se destacam por sua criatividade. Parece que já nasceram para isso.

Sou fã da Dani Koetz, uma jovem gaúcha de 27 anos, estudante de Jornalismo muito famosa na blogosfera. Ela comanda o blog Ah! Tri né!.

Gosto dela porque está em tudo quanto é mídia.

Faz entrevistas para o blog, junta outros blogueiros em eventos, está sempre no Twitter, etc.

Confira um dos seus trabalhos, entrevistando uma brasileira que é sósia perfeita da Madonna:


Obrigado pela força!

A campanha "Seja zemarquete" está bombando. Vários amigos e amigas me enviam fotos ou posam para que eu fotografe sempre apontando para a logomarca no peito ou outros lugares...

E vamos continuar. Se você acessa o blog, mande uma foto legal para jmtaveira@gmail.com que incluo a logomarca e posto aqui. É um prazer ter tanta gente bonita - e outras muito feias... rs - divulgando nosso trabalho.
Hieróglifos no MSN

Aqueles emoticons que enfeitam o MSN são muito bonitinhos. Ajudam a melhorar a comunicação entre quem está teclando.

O problema é quando há exageros. Muitas vezes, fico perdido tentando decifrar o que me mandam. Aquele monte de figuras pulando na tela é demais para um blogueiro da segunda idade.

Minha afilhada Janaína, de Andradina, tem 11 anos e começou agora a conhecer o mundo virtual. Recentemente, recebi uma mensagem dela e estou tentando decifrar. Veja abaixo e tente entender e ajudar seu amigo aqui, por favor.


 



Andréia Rodrigues, quase jornalista,
locutora da rádio Ativa FM, de Penápolis
(olha o detalhe da tatuagem sensual)




Nathália Bragalda, estudante de
Jornalismo, comerciante em
Penápolis e modelo
Comprei um macaco...

Depois de pentear a macaca no domingo (que trocadilho mais trash... rs), tive um sonho estranho nesta madrugada (mais um, né...).

Estava em uma praça, não sei onde, quando um homem, que acredito ser o sr. Madruga, do programa do Chaves, me deu um chimpanzé.

O Michael, meu filho, que também estava no sonho, ficou muito feliz. E o bichinho era muito dócil. Acredite: senti até o cheiro forte dele...

Como um cachorrinho, passei a mão nele - no bom sentido -, e senti seus pêlos grossos... Putz, que momento Shas...

Ficava pensando: onde vou criar um macaco??

Acordei. Ufa... Era sonho...

Acho que vou escrever um blog só de sonhos... É o papa, o Obama e agora um parente da Chita me visitando... Ah, vá!!!



Danilo Galvan, estudante de
Jornalismo, com sua
sunga megaplus




Rosângela de Souza, servidora
estadual em São Paulo e minha
sobrinha-filha linda!




Natalí Garcelan, estudante de Jornalismo
e apresentadora da IRadio

Visitando los hermanos

Depois de férias merecidas, meu amigo Marcelo Espinoza está de volta à redação da Folha. Ele sempre aproveita o descanso para viagens internacionais. O homem é muito chique.

Nesta última, foi para Buenos Aires, na Argentina.

Olha ele aí na foto ao lado.

O prédio ao fundo é o Congresso Nacional argentino, inspirado no Capitólio, dos EUA.

Oh, falta de criatividade dos hermanos... Que falta não faz pra eles um Oscar Niemeyer!!
Você já fez a chamada?

Estou concentrado, trabalhando no fechamento da capa do jornal, quando minha editora-chefe, Maria Antônia, me chama e pergunta:

- Zé, você já fez a chamada?

Respondo, todo solícito.

- Qual delas, Maria?

E ela, com um sorriso maroto:

- A chamada dos seus fios de cabelo, para ver se estão todos aí ou se perdeu mais algum!

Gargalhada....

E eu querendo esganá-la... Brincadeira boba, viu... rs rs
Solidariedade masculina

Uma mulher está na cama com o amante quando ouve o marido chegar e vai logo recomendando a ele:

- Depressa, fique de pé ali no canto.

Rapidamente, ela cobriu o corpo do amante com óleo e sapecou talco por cima. E acrescentou:

- Não se mexa até eu mandar. Finja que você é uma estátua. Eu vi uma igualzinha na casa dos Almeida!

Nisso, o marido entra e pergunta:

- O que é isto?

Ela, fingindo naturalidade:

- Isso? Ah, é uma estátua. Os Almeida botaram uma no quarto deles. Gostei tanto que comprei esta igual para nós.

E não se falou mais da estátua. Às duas da madrugada, a mulher já estava dormindo e o marido ainda vendo televisão. De repente, o marido se levanta, caminha até a cozinha, prepara um sanduíche, pega uma cerveja e vai para o quarto. Ali, se dirige para a estátua e diz:

- Toma, come e bebe alguma coisa, seu filho da p...! Eu fiquei dois dias, que nem um idiota, no quarto dos Almeida e nem um copo de água me ofereceram.

Piadinha colhida na internet enviada, direto do Japão, por meu amigo andradinense Renato Kiyoshi.
A versão do Ronaldo no Fantástico



A reconstituição do caso no Pânico na TV





Raiany Guimarães, estudante de Jornalismo
e autora dos blogs O Mundo de Lola e Esporte Regional.
Pooooorco!!!!!!!! Campeãoooooooooo!!!

Caramba!!!!!!!!!!!!

Campeão!!!!!!!!!!!!!!

Porcooooooooooooo!!!!

5 a 0 na Macaca!!!!!!!

Um título histórico para mim, como pai. É a primeira vez que comemoro ao lado do Michael, meu filhão, palmeirense também!

A gente gritou juntos, pulou juntos!!! Estou rouco!!! Rouco e feliz!!!

Para você, palmeirense campeão, ouça o hino do nosso time!!!




É campeão!!!!!


Como é bom ter um craque como o Valdivia no nosso time! E olha que ele também é zemarquete. Olha a camisa dele aí embaixo no momento em que comemorava o golaço que fez.

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Volte sempre ao Blog do Zemarcos


Bem-vindo ao Blog do Zemarcos
José Marcos Taveira, autor deste blog, é jornalista e professor universitário em Araçatuba/SP.



Google


Faça parte de nossa comunidade no Orkut

Blog legal indicado pelo UOL

Links & Sites







Mensagens antigas deste blog
Mensagens antigas do blog, separadas semanalmente.
Sites e blogs indicados por
este blogueiro.


Indique este blog
Indique este blog
e ajude a divulgá-lo.









Divulgue seu blog!


Visitante número: