Homenagem a Haroldo de Andrade

Foto: Reprodução Jornal NacionalTrabalhei muitos anos como locutor de rádio. Era um grande sonho de adolescência. Ouvi várias pessoas dizerem que tinha uma voz bonita e acabei acreditando. Vivia "apresentando" programas quando estava no chuveiro.

Sempre fui fã de rádio. Ouvia os locutores e ficava imaginando como poderia tentar uma oportunidade... Como gravar uma fita e levar à emissora se nem gravador eu tinha naquela época?

Uma manhã, minha mãe me acordou e disse que precisavam de faturista na Rádio Andradina AM, em Andradina. Haviam anunciado em um dos programas. Perguntei o que era isso, mas ela também não sabia dizer. O candidato precisava ter datilografia.

Com a cara e a coragem, com meus 14 anos, segui para a emissora pertencente ao radialista Nivaldo Bueno Franco da Rocha, ou Nivaldo Franco Bueno, seu nome artístico.

Fiz o teste de datilografia, esperei e logo fui chamado lá no fundo do prédio, onde ficava o escritório. Então, conheci a senhora Adeliz, esposa do Nivaldo, que me contratou no mesmo dia. Descobri que o faturista trabalhava fazendo faturas dos contratos.

Era um serviço burocrático que não gostava muito, mas continuava porque o escritório ficava em frente ao estúdio de gravação. Eu pensava em fazer amizade com os locutores, técnicos de som, e então poder realizar meu sonho.

Fiquei fazendo faturas durante um bom tempo até surgir a oportunidade de gravar pilotos (programas experimentais) para apresentar ao patrão, que sempre foi um homem muito exigente.

Um dia, entrei no escritório e fui abraçado por uma das colegas, a Adriana. Ela sabia o quanto eu queria ser locutor e disse que minha hora havia chegado. Como ela percebeu que eu não sabia de nada ainda, pediu para ficar na minha e esperar a d. Adeliz me chamar. E foi o que aconteceu. Ela me disse, sempre de forma pausada e muito educada, que eu iria trabalhar na redação da emissora ao lado do veterano Moacyr Gouveia. E começaria no dia seguinte.

Fui para casa em estado de choque. Passei o caminho inteiro pensando como contaria a novidade para minha família. Decidi que entraria na sala já dando a notícia e fazendo muita festa.

Quem disse que consegui fazer isso... Quando entrei na sala, olhei para minha mãe, comecei a chorar e a abracei. Consegui dizer, aos soluços, que iria ser locutor de rádio. Todos comemoraram. Foi um dos dias mais felizes da minha vida. Um dia, quando tiver oportunidade, vou contar isso pessoalmente ao Nivaldo. Ele não tem noção do quanto foi importante para minha carreira.

No dia seguinte, quando fui para a redação, encontrei um homem carrancudo, datilografando o noticiário do dia ao lado de um rádio enorme, que transmitia a programação das emissoras paulistanas, principalmente a Bandeirantes AM, e um gravador de mesa. Naquela época, era a única forma de conseguir as notícias do Brasil e do mundo. Não havia internet e a gente nem sonhava com computador. E estou falando dos anos 80.

O Moacyr não era de muita conversa. Mas consegui fazer amizade com ele logo. Fui trabalhar ao seu lado para substituí-lo. Estava saindo da emissora. Ele tinha uma vinheta que dizia o seu nome, cheio de eco, ao mesmo estilo do "Brasil!!!", usado durante a Copa do Mundo.

Como a gente trabalhava juntos na apresentação do jornal e do programa de esportes, fiz uma vinheta igual. Quem gravou pra mim foi o Edy Santos, que também começava sua carreira. Hoje, ele trabalha na Clube FM, de Araçatuba.

Foto: Reprodução Jornal NacionalLogo o Moacyr foi embora - infelizmente, nunca mais ouvi falar dele nem sei se ainda está vivo. Então, assumi, com 15 anos, o noticiário de quatro emissoras do Nivaldo.

Algum tempo depois, fui transferido para outra emissora do Sistema Regional de Rádio, a Rádio Urubupungá AM. Foi lá que ouvi pela primeira vez, com um pouco chiado, o programa de um veterano locutor da Rádio Globo AM, do Rio. Haroldo de Andrade tinha uma voz forte e muito bonita. Era um comunicador brilhante.

A abertura de seu programa era magnífica. Haroldo dizia nomes de santos do dia e entrava uma música muito linda. "Está entrando no ar... Haroldo de Andrade", dizia o final do jingle. Fiquei tão impressionado que pedi a uma dupla sertaneja da cidade que começava a carreira, Ricardo e Rangel, que gravasse uma abertura pra mim.

E gravamos, com a ajuda do Wagner Maia, um grande amigo que nunca mais ouvi falar. Na época, a lambada fazia muito sucesso. Então, Ricardo e Rangel escreveram letra e música usando o balanço de uma canção de Beto Barbosa. Hoje, eles fazem muito sucesso no Mato Grosso do Sul.

Trouxe a abertura para Araçatuba, quando fazia programa sertanejo na Cultura AM. A letra era assim:

Vai entrar no ar um comunicador
Vem aí uma nova atração
Venham todos participar
É um programa de emoção

Tudo aqui é feito pra você
José Marcos, rádio e você

Ele já chegou
Ele está no ar
Ele vem aí
Ele vai falar...

José Marcos, comunicação
José Marcos, é animação


Esse jingle fazia sucesso. Algumas vezes, tive que tocar no meio do programa porque ligavam e pediam... Vou tentar encontrar alguma gravação, digitalizar e postar aqui.

Neste sábado (1º) à noite, fui visitar meus amigos Junio e Bell. Eu e o Junião conversávamos quando o Jornal Nacional anunciou a morte do radialista Haroldo de Andrade. Fiquei muito emocionado. Lembrei-me da importância dele pra mim, para o início de minha carreira como radialista, no espelho que foi pra mim.

Este post é uma homenagem a este grande locutor de nosso País. Procurei na internet, mas não encontrei seu jingle de abertura. É uma pena... Vai ficar guardado aqui na minha memória e no meu coração.

Assista a reportagem completa do Jornal Nacional
sobre a morte de Haroldo de Andrade:


Niver da Grazi

Minha amiga Graziela "Cravo-e-canela" Nunes completou 24 anos ontem (28) e comemorou com um delicioso bolo trufado com os amigos da Redação da Folha, no refeitório. Tudo muito lindo, mas o que mais me marcou foi justamente o rápido discurso dela.

Explico: a Grazi passou por problemas de saúde recentemente depois que se envolveu em um acidente de carro. Ao assoprar as velinhas, disse a todos nós que era um momento especial, pois chegou a acreditar que não comemoraria mais um aniversário.

A Grazi é uma pessoa especial. Tem um grande e lindo sorriso, é muito inteligente e sensível ao extremo. A amiga ideal, não é mesmo. Sou seu fã, viu, menina!

As fotos da festinha foram feitas pelo Xandão 'Atchu' Souza. Elas mostram momentos como a Ágatha Urzedo trazendo a faca do bolo bem ao estilo "Psicose". E também as tentativas da Maira Cibele se esconder dos cliques.

Aliás, perdi o medo de publicar as fotos da Cibele e acabar de olho roxo. Agora, eu e o Xandão freqüentamos um grupo chamado "Ex-medrosos da Maira Cibele". Nós nos reunimos uma vez por semana e contamos como fizemos para conseguir superar aquela braveza toda... rs



Se quiser ver as fotos maiores, clique aqui.
Frases que marcam


E a gente acaba a noite sempre assim
bebendo orgulho e solidão
chorando em frente à televisão
mantendo o silêncio
pra ninguém ouvir...



Trecho da música "Silêncio" (Heróis da Resistência)

Em tempo: minha nova amiga virtual Pauline Machado, jornalista e blogueira de Curitiba (PR), mais conhecida com Lin, adora esta música e gostou muito do post. Deixou comentários muito legais. Para ela, então, a música completa abaixo, para matar a saudade:

Love Is All Around (Wet Wet Wet)

Sou apaixonado por esta música. "Love Is All Around" (algo como "Amor é tudo ao redor") me lembra coisas boas, me faz fechar os olhos e me emocionar. É tema de "Quatro Casamentos e um Funeral", um filme de 1993 muito legal.

Este é um dos trechos que mais gosto:

You know I love you I always will
My mind's made up by the way that I feel
There's no beginning, there'll be no end
'Cause on my love you can depend

(Tradução)
Você sabe eu te amo, sempre amarei
Minha mente se faz pela maneira de como me sinto
Isso não é o começo, e isso nunca terá fim
porque você pode contar com meu amor


O Uésclei tá de férias

Cuidar da pauta deixa qualquer um meio pancada. O que dizer, então, de alguém que já é totalmente "chupeta da cabeça"?

Meu amigo Uésclei Alcantera já estava assim. Olha a foto e tire suas conclusões: o homem, de repente, do nada, saca seu fio dental e limpa os dentes em qualquer lugar... Que coisa, né...

De férias, o Uésclei pretende passar uns dias em uma clínica de recuperação da masculinidade, quero dizer, da cabeça... Tadinho, né... rs rs
Frases que marcam


Este meu ódio
é o veneno que eu
tomo querendo que
o outro morra



Trecho da música "Ódio" (Luxúria)

PS: Não estou com ódio de ninguém, apenas achei a frase interessante. Aliás, adoro colecionar frases marcantes, mas não de grandes pensadores. Coleciono trechos de músicas, de diálogos do cinema... Tinha até um caderno quando adolescente com muitas delas. De vez em quando, vou postar algumas aqui.
Jair Rodrigues no Orkut

Sou muito fã do Jair Rodrigues, um dos ícones da MPB e precursor do rap em nosso País. Encontrei seu perfil no Orkut e percebi que era ele mesmo que atualizava - se não for, tem todo o jeitão dele.

Fiquei todo metido quando me aceitou. Depois fiz um depoimento sobre ele. E não é que aceitou também e estou lá na primeira página de seu perfil!

Se não bastasse, enviei uma mensagem parabenizando-o pelo show que fez na virada do ano em Araçatuba. Para minha surpresa, ele respondeu, agradecendo pelo carinho! Clique na imagem e leia a mensagem completa.

Fiquei todo cheio. A mensagem não sai mais dali, de jeito nenhum!

Isso mostra toda a humildade de um artista que faz parte da história deste País e mesmo assim não despreza seus fãs. Sem contar que é pai de outras duas feras: Jairzinho e a linda Luciana Mello.
A Rê foi embora, a Grazi voltou e ainda faz anos

Minha pokahontas predileta, a Renata de Paula, deixou o estágio na Folha e partiu ara novas aventuras ao lado da turma da TV Tem. Fiquei muito triste, pois é uma boa amiga e muito profissional.

Agora, os zóios verdes dela ficarão longe deste ex-professor que tanto a admira. Em seu lugar, está outro ex-aluno e outra pessoa que gosto muito, o Danilo Galvan.

A boa notícia é que a Graziela "Cravo-e-canela" Nunes retornou à Redação depois de um bom tempo afastada para cuidar da saúde. Seja bem-vinda, minha amiga, e parabéns pelos 17 anos de idade que completa nesta quinta-feira (28).

A foto acima, feita na Redação, mostra a Rê e a Grazi ao centro, ladeadas por uma turma e tanto: Aline Simplício (esq.), Luciana "Fala-chefe" Brunca, Ágatha Urzedo e Fernanda "Tudo" Mariano.

Olha o Chiquinho Trajano aparecendo de intrometido... rs rs E o que o Andrezinho Sanches tá fazendo lá no fundo? Limpando os dentes?
Derô e sua faca de segunda

Meu amigo Deroci de Camargo, o Derô, sócio-fundador do Shas (Sindicato dos Homossexuais Assumidos) nos anos 20, ganhou um belo presente de seu filho: uma faca com seu nome e o símbolo do Timinho.

Corintiano roxo, adorou o presente. O engraçado foi a recomendação muito sábia do seu garoto:

"Pai, você só pode usar essa faca em carne de segunda, viu". Menino inteligente, Derô! rs rs rs
Mr. president Bush, totally Shas!


Não poderia deixar de postar a foto acima, distribuída aos jornais na semana passada pela Associated Press. Mostra o presidente Gerge W. Bush durante visita a uma tribo africana.

O interessante da imagem é a cara dele: abraça dois homens seminus, fortes, musculosos, mas não tira o olho do maior!! rs rs

Já avisei ao meu amado, idolatrado e sarado presidente do Shas (Sindicato dos Homossexuais Assumidos), Júlio Feltrin. Como o W. Bush é famoso, vamos montar um quadro e colocar na sede do sindicato. É nosso representante internacional!

Aliás, as saias usadas são totalmente in!! Como diria minha amiga Fernanda Mariano, é tuuuudo!!! rs rs
Oh, vida marvada...

Redação de jornal parece ponto de achados e perdidos, repartição pública, enciclopédia ou qualquer outra coisa do gênero. Pelo menos para uma grande parte dos leitores.

Ligam para saber números de telefone de vários locais e um monte de informações. É muito engraçado ver os colegas bravos porque pararam o trabalho para atender alguém que poderia simplesmente recorrer à lista telefônica.

Mas muitos leitores utilizam o jornal também como último recurso para desabafar quando não conseguem ser atendidos corretamente pelos serviços públicos. Alguns são prolixos demais...

Que o diga o Marcelão Espinoza, a principal vítima. Na foto, feita pelo Xandão 'Athu' Souza, ele não agüentou tanta história...
Discussão besteirenta no BBB 8

Já fui telespectador assíduo do Big Brother Brasil. Acompanhei as seis primeiras edições sempre que podia, torcendo junto com a minha família, votando, me emocionando... Lembro-me de cenas memoráveis, principalmente nos três primeiros.

Depois que começaram a premiar pessoas que não mereciam, como a Cida e a Mara, apenas por serem pobres, perdi o interesse. Agora, por causa dos meus horários de trabalho, é que não assisto mesmo.

O BBB sempre recebeu muitas críticas. Muita gente afirma que o programa é uma porcaria, entre outros adjetivos ruins. Gosto não se discute, mas ainda é uma das maiores audiências da TV Globo. E o motivo é simples: curiosidade. As pessoas adoram bisbilhotar a vida das pessoas, mesmo sabendo que os vídeos são editados e manipulados.

O que me levou a este post é justamente uma das cenas que vêm fazendo muito sucesso no Youtube. Mostra uma conversa sobre sexo muito aberta, iniciada por uma das participantes, chamada Natália, uma mulher muito bonita que parece ter sido miss em seu Estado.

Pensei na polêmica e decidi reproduzir o vídeo aqui. Já aviso que se não quiser ouvir palavrão, não assista. É totalmente besteirento! E mostra uma coisa engraçada: homem vive falando besteira, mas fica muito tímido quando ouve isso de uma mulher. Também sou assim... rs rs

Um impacto de jornal

Tenho um amigo muito importante em Adamantina. Seu nome é Sérgio Vanderlei, colega de pós-graduação e um grande profissional.

Além de diretor do Sincomercio (Sindicato Patronal do Comércio e Serviços de Adamantina e Região), dirige também o jornal Impacto.

No último sábado, recebi um exemplar e reproduzo a primeira página aqui para compartilhar com você, caro leitor. Além de dirigir o jornal, o Sérgio também faz várias matérias. Um profissional polivalente no úrtimo!!
Destaque no Unitoledo

O "Blog do Zemarcos" é destaque hoje (25) do portal do Unitoledo (Centro Universitário Toledo), faculdade em que sou professor do curso de Jornalismo coordenado com maestria pela minha amiga Ayne Salviano.

A reportagem, feita pela jornalista blogueira Michele Beraldi e editada pelo grande Douglas Augusto, mostra que fomos destaque no Blogs Legais do UOL e a 18ª colocação no concurso nacional Top 30.
Escritores da liberdade, escritores da vida

Cena do filme

Encerrei meu domingo com um presente de professor para aprendiz de professor. Assisti "Escritores da Liberdade" (Freedom Writers), filme de 2007, indicado pelo meu amigo e mestre Hélio Consolaro, um profissional que admiro muito, principalmente quando dá suas aulas. Um dia, quem sabe, conseguirei ser pelo menos um terço do que ele é. Já serei muito feliz.

O filme foi um presente porque conta justamente a história de uma professora iniciante que consegue ensinar aos seus alunos problemáticos muito mais do que está nos livros. A protagonista é Hilary Swank, atriz que também admiro muito.

Como sou professor universitário há apenas três anos - antes disso, fui professor de radiojornalismo nos cursos técnicos do Senac -, tentei imaginar como enfrentar a turma que ela recebeu. Várias pessoas que lutavam para sobreviver, encontravam segurança em gangues e não se preocupavam com a escola. Por isso, eram separados em uma sala especial.

"Escritores da Liberdade", de 2007, é baseado na história real da professora Erin Gruwell. Emocionante, verdadeiro... Uma lição de vida. É alguém que acreditou que seus alunos seriam capazes de mudar, mesmo enfrentando o ciúme de sua chefe direta e vendo o fim de seu casamento.

Erin está no meio de várias gangues. E mostra a eles que existiram gangues muito piores, os nazistas, e todo o mal que fizeram ao mundo. E consegue mostrar também os terrores do holocausto.

Há uma cena que me deixou muito emocionado. Ela compra diários para os alunos e pede que escrevam suas histórias todos os dias. O filme é justamente baseado em um livro, montado pelos próprios alunos com esses diários. Lembrei-me dos blogs de hoje...

Lembrei também de "Ao Mestre com Carinho" (To Sir, With Love), de 1966, com Sidney Poitier, que interpreta o professor Mark Thackeray com outra turma problemática. Os dois professores têm uma coisa em comum: não se deixam abater e vão em frente, mesmo com tantos obstáculos.

Confesso que tenho sempre um frio na barriga ao começar minhas aulas. Nunca sei como os alunos vão reagir, o que vai acontecer. E quando tudo dá certo, sinto uma sensação muito boa, algo como um dever cumprido. Adoro quando se despedem ao passar por mim ou vão conversar alguma coisa da aula antes de ir embora.

A maioria dos alunos me surpreende sempre com comentários espetaculares, e a cada aula aprendo muito com eles. Assisto a esses filmes com outros olhos, olhos de professor. Vejo como o meu colega se saiu, absorvo sempre algum aprendizado. Afinal, nossa vida é um eterno aprender, não é mesmo!

Assista. Tenho certeza que vai gostar.

E, para completar, a música tema do filme é "A Dream", com outro cara que adoro muito: Will.i.am. O clipe da música traz cenas do filme.

Walter Go deu notícias

A gente encontra bons e experientes amigos em nossa carreira. Um deles é o Walter Gonçalves, a quem sempre chamei carinhosamente de Walter Go, seu nome fictício no Shas (Sindicato dos Homossexuais Assumidos)!! rs rs rs

Havia um bom tempo que não falava com ele. Agora, graças à ajuda do Ventura Picasso, teclamos por e-mail. Ele é um dos fundadores do Shas nos anos 20, junto com o Hélio Consolaro e o Deroci de Camargo, está representando bem nosso sindicato pelos lados do Mato Grosso do Sul.

Waltinho Go é um baita profissional. Já passou por grandes emissoras de rádio em Sampa, foi responsável pelo Jornalismo da extinta Rádio Tietê AM de Araçatuba e nosso chefe de reportagem na Folha. O cara é até amigo pessoal do presidente Lula!

A foto ao lado foi feita em um almoço na casa da Lelê Nogueira. Saudades de sua experiência, suas histórias e profissionalismo.

Reproduzo, abaixo, trechos do e-mail que recebi dele:

Salve, Zé Marcos. Parabéns pelo blog. Matei saudades. Sinto muita falta de vcs, da nossa amizade e união. Estou no mesmo jornal, O Estado MS, este ano completo quatro anos. Um grande abraço a todos vcs. Não esqueço vcs nunca, vivi grandes momentos aí. Da um abraço no Hélio por mim, na Maira. Vou acompanhar o seu blog. Um grande abraço amigo. Walter Gonçalves.

O Valparaíso está no ar

Meu amigo Guilherme Arantes, jornalista fresco (calma, amigo leitor, é que ele se formou recentemente... rs), colocou no ar nesta semana a versão on-line do "O Valparaíso", jornal tradicional de Valparaíso.

Tem enquete, notícias de última hora, coluna social e tudo que um bom jornal oferece.

Dá uma passada lá e confira: www.ovalparaiso.com. Parabéns, Gui. Torço sempre pelo seu crescimento pessoal e profissional.
[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Volte sempre ao Blog do Zemarcos


Bem-vindo ao Blog do Zemarcos
José Marcos Taveira, autor deste blog, é jornalista e professor universitário em Araçatuba/SP.



Google


Faça parte de nossa comunidade no Orkut

Blog legal indicado pelo UOL

Links & Sites







Mensagens antigas deste blog
Mensagens antigas do blog, separadas semanalmente.
Sites e blogs indicados por
este blogueiro.


Indique este blog
Indique este blog
e ajude a divulgá-lo.









Divulgue seu blog!


Visitante número: